23 de agosto de 2017

O Menino que Ainda Não Conheço e Outras Histórias de Amor

Foi de repente.

Minhas roupas estavam molhadas quando o sonho se transformou em notícia. Era uma sexta-feira à noite de abril e tínhamos acabado de entrar em casa. Havíamos saído para comer um sanduíche e, na volta, atravessamos uma tempestade daquelas que você fica encharcado só de correr até o carro.

Não foi a primeira tempestade que cruzou nosso caminho. Mas essa se tornou inesquecível porque ainda estava caindo quando ouvi a primeira vez sobre o Menino que Ainda Não Conheço. A Esposa foi até onde eu estava e mostrou o teste. Foi assim, de repente. Eu a beijei e a abracei e comecei a andar pela sala com as roupas pingando, tentando entender a ideia de que eu vou ser pai.

Foi de repente que tudo mudou.

Eu não me recordo do que pensei no momento. Mas quanto mais eu penso sobre isso, mais eu percebo que tudo o que vivi antes da tempestade dessa sexta-feira não pertence mais a mim. Eu já fui muitas coisas. Mas hoje entendo que tudo o que sou existe apenas em função do Menino que Ainda não Conheço.

Os filmes que vi de madrugada. Os gols que fiz no estacionamento do supermercado. Os livros pelos quais me apaixonei. As paixões que me fizeram sonhar. As gargalhadas que saíram alto demais. As músicas que decorei a letra. As brigas comigo mesmo e com os outros. As lágrimas que teimaram em escapar. As piadas entre goles de cervejas.

Quanto mais penso, mais percebo que nada disso é só meu. Quando mais entendo, mais fica claro que eu mesmo não sou mais só meu. Tudo o que eu sou, tudo o que eu fui e tudo o que possa ser um dia, agora, pertencem ao Menino que Ainda não Conheço.

Foi de repente que tudo mudou para sempre.

Hoje, acordo todos os dias e pego meu café. Ainda com a caneca na mão, enxergo um sentido novo no meu dia. Afinal, nada mais lógico – e mágico – que a mulher que me mostrou como fazer as pazes com a vida carregue uma vida dentro de si. E descubro um sentido novo em mim, ao me olhar no espelho e pensar sobre o tamanho que a “eu vou ser pai” pode ter.

Hoje eu vou dormir, todas as noites, pensando no Menino que Ainda Não Conheço. Brinco de adivinhar qual sua primeira palavra ou para qual lado ele dará seus primeiros passos. E, com ele não apenas ao meu lado, mas sim ao meu redor, fecho os olhos e peço para ser pelo menos metade do pai que meu pai foi para mim.

Porque tudo o que eu quero é olhar um dia para o Menino que não Conheço e saber que ele se tornou melhor que eu. Tudo o que eu quero é olhar um dia para o Menino que Ainda não Conheço e ter a certeza de que ele se tornou um Menino Feliz. E fazer isso é o meu papel. Porque desde aquela sexta-feira chuvosa, eu estou escrevendo o texto mais bonito da minha vida. Eu estou escrevendo sobre o Menino que Ainda não Conheço.

E, de repente, cada dia é uma história de amor. Para sempre.

Isso é apenas um teaser. A estreia é em dezembro.

24 comentários:

Claudia disse...

Parabeeeeeeeeens!!!! Super feliz por vcs!!! É uma grande aventura ❤️

Renata Schmitd disse...

chorando. sim ou com certeza? amo voces!

LLCeR aka Salazar disse...

Parabéns, gente, estou super feliz por vocês.

Arthur disse...

Parabéns, Rob! Não é mole mas é a melhor coisa do mundo!!!

Marina disse...

Vim correndo ler, sabendo que ia chorar. Muito lindo, Rob <3. Parabéns aos dois!

Elise Garcia disse...

Eu não vou chorar eu não vou chorar eu não vou chorar tô chorando.
Que lindo, gente! <3

Sil disse...

Fazer chorar devia ser proibido. Mas como são lágrimas de alegria, não me importo de derramá-las.
Parabéns querido, que Deus lhe conceda a graça de ser um pai maravilhoso e que seu bebê traga muita luz e muitas felicidades para vocês!

johnny bijos disse...

Eu ainda não sou pai, nem marido, mas imagino como você deve estar se sentindo. Essa felicidade em saber que o seu mundo vai continuar por mais tempo na terra. Essa felicidade em saber que você já ama alguém que ainda nem conhece. Desejo toda a felicidade do mundo pra vocês, que esse menino traga muita alegria ❤️

Adriano Trotta disse...

Caraca, você vai ser um pai fantástico! Parabéns pros dois! :)

Thiago Dalleck disse...

Caramba, estou muito feliz e emocionado. Parabéns, Rob e Ana!

Jackson S deJesus disse...

Vida longa ao Menino que Ainda Não Conheces (e que já faz [carrega] parte de ti)!

Giovana disse...

Rob! Meus parabéns, vc está conhecendo o maior amor do mundo!!!❤

Mario Cau disse...

PARABÉNS, MEUS QUERIDOS!!!
Estou muito feliz por vocês! Que venha o menino, vai ser muito querido e trará muita alegria com certeza.
Baita abraço pra vcs!

Orpheus disse...

Parabéns aos dois! Bem-vindos a mais transformadora das experiências humanas!

Tati Baccini disse...

Foi bem assim mesmo! de repente pá! um teste de gravidez positivo no whatsapp! uhuuuu!!!!! <3

Leonardo Carnelos disse...

Caro,

Eu me lembro exatamente do momento em que minha esposa me deu tal notícia. Posso imaginar o turbilhão de emoções que passa pela sua cabeça no momento. A paternidade é certamente a melhor coisa que já aconteceu na minha vida. Eu poderia recorrer a diversos outros chavões como: "prepare-se para a maior jornada da sua vida", mas a verdade é que não conseguirei traduzir em palavras o que está para acontecer contigo e com sua família. Só me resta as congratulações.

Meus parabéns. Meus votos de muita saúde para o herdeiro e muita alegria para papai e mamãe.

Sds
Leonardo Carnelos

Robson N. Santos disse...

Parabéns, felicidades!

Fagner Franco disse...

Véi... véi... véééi...hahaha... tô feliz pra caraio, como se conhecesse vocês há anos. Ok, conheço faz uns anos, mas nos vimos 2 ou 3 vezes. Excelente notícia. Anda tudo muito corrido e nem passo tanto por aqui como costumava fazer, então, quando vi a Ana falando no Twitter, corri pra cá, com a certeza que teria algo lindo. E tinha. Se você, antes, já está com essa cabeça, que agora nada é só seu, nada é sobre você, já está com mais da metade do caminho andado. Parabéns, Rob, parabéns, Ana, parabéns, pequeno Ozzy Gordon.

Marlon Vieira disse...

EITA MARAVILHA! Parabéns, Ana e Rob! Fico imaginando como será para mim, quando minha esposa me der a notícia... Que felicidade, cara!

Alcimeia disse...

Rolou uma lagriminha aqui, primo...
Imagino como todo esse período tá sendo foda pra vcs. Espero que a gravidez esteja tranquila e que Rob Gordon Jr venha com saúde. <3


Bjos!

Isaque Fontinele disse...

Parabéns Rob! Boa sorte nessa nova fase \o/

Daniel Caliman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Daniel Caliman disse...

Parabéns, Rob e família! Muito amor para vocês.
Deve ser uma das melhores sensações que alguém possa experimentar nessa vida. Sonho com esse dia.

Sou novo por aqui. Descobri por acaso o "gente que escreve" e emm menos de um mês escutei todos os programas. Tanto a sua voz, quanto a do barreto, já me soam familiar.

Espero um dia poder trocar uma idéia com vocês.

Grande abraço e obrigado pelas lágrimas!

Samuel Santos disse...

Cara...

Estou muito feliz por você e quero te dizer que o seu texto demonstra que você já começou entendendo muito bem o que está acontecendo.

Estou escrevendo algo sobre isso e é engraçado como você usou algumas das minhas descrições de sentimentos... olho meu filho e o vejo feliz e a caminho de ser alguém melhor do que eu... e putz... então a vida toda faz sentido e vale a pena, e me estimula a continuar sendo o melhor ser humano que eu puder, só pra que ele tenha o melhor pai que eu puder ser.

Parabéns muito sinceros, enorme abraço e tenha a certeza que seu repertório de matéria prima para textos vai ser muito, muito maior agora.

Samuel HS